quinta-feira, novembro 17

Vaticano vai entrar na Justiça imagem do beijo do Papa em publicidade

O Vaticano anunciou nesta quinta-feira (17) que vai empreender ações legais contra a fotomontagem na qual o Papa Bento XVI beija na boca o imã sunita de Al Azhar, no Cairo, divulgada pela marca de roupas Benetton, anunciou nesta quinta-feira (17) a Secretaria de Estado da Santa Sé.

"Encarregamos nossos advogados para que empreendam na Itália e no exterior as oportunas ações legais para impedir a circulação nos meios de comunicação da fotomontagem realizada no âmbito de uma campanha de publicidade da Benetton", anunciou o Vaticano em uma nota oficial.

Na véspera, o grupo italiano Benetton anunciou sua decisão de retirar de circulação uma campanha publicitária mostrando o Papa beijando na boca o imã sunita da universidade de Al-Azhar, no Cairo, Ahmed el Tayeb.



As relações entre o Papa e o imã de Al-Azhar são difíceis, principalmente depois que Bento XVI expressou solidariedade às vítimas do atentado que fez 21 mortos numa igreja de Alexandria, no dia 1º de janeiro passado.


Mas a foto de Bento XVI e o imã egípcio, foi considerada a mais polêmica das outras seis montagens nas quais aparecem outros chefes de Estado ou de governo na mesma posição carinhosa, como a troca de beijos calorosos entre Nicolas Sarkozy e Angela Merkel e entre Mahmud Abbas e Benjamin Netanyahu.

"Lembramos que o sentido desta campanha era exclusivamente combater a cultura do ódio sob todas as formas", comentou, em comunicado, um porta-voz do grupo. A nova campanha "United Colors of Benetton" chamada "UNHATE" ("não ódio"), foi apresentada, oficialmente, no início da tarde desta quarta-feira, por Alessandro Benetton, vice-presidente do Benetton Group, em Paris. O Vaticano reagiu imediatamente à campanha considerando a publicidade "uma falta de respeito grave ao Papa".

O grupo Benetton e seu fotógrafo Oliviero Toscani tornaram-se célebres por suas fotos provocadoras nos anos 1990, entre elas a de uma irmã de caridade sedutora, que se apresenta vestida num hábito branco beijando um jovem padre de batina preta.

terça-feira, novembro 8

Bolsas de sangue em formato de bota de Papai Noel incentiva doação nas festas

Em época de festas de fim de ano os hemocentros e bancos de sangue insistem ainda mais na doação de sangue, pois é exatamente nesse período que os estoques tem uma grande baixa por conta dos acidentes durante as comemoraçoes de Natal e Reveillon. Para tentar incentivar a doação de sangue e, quem sabe, também ajudar a dar um toque de decoração de Natal aos hemocentros, o artista Lee Ki Seung criou essas bolsas de sangue em formato de bota de papai Noel: 

Coca-Cola troca latas vermelhas por brancas

Em uma ação sustentável para apoiar a proteção dos ursos polares, mascotes da marca desde 1922, a Coca-Cola mudará a cor de suas latas de vermelho para branco nos Estados Unidos e no Canadá, entre novembro deste ano e fevereiro do ano que vem. As embalagens virão ainda com o ursos polares estampados, veja:
 
 
 
 Todas as latas brancas da marca terão um código estampado para que o consumidor possa fazer a doação de 1 dólar. A Coca-Cola fez uma doação inicial de 2 milhões de dólares à ONG World Wildlife Fund (WWF). Serão mais de 1,4 bilhão de embalagens promocionais disponíveis nos pontos de vendas dos países.

Quer comprar os óculos de Steve Jobs?

Parece que Steve tinha, por assim dizer, um toque de Midas. Tudo o que o empresário do Vale do Silício manipulava parecia virar objeto de desejo. Até o estilo de óculos usado pelo cofundador da Apple tem se tornado um sucesso de vendas.


De acordo com o Wall Street Journal, a empresa alemã Lunor viu na consternação gerada pela morte do empresário do Vale do Silício uma oportunidade para alavancar as vendas da armação minimalista, sem aro e de lentes redondas. 

Segundo o diretor de marketing da empresa chinesa, que fabrica para Lunor as armações em Hong Kong e que foi entrevistado pelo jornal, as vendas dos óculos à Steve Jobs “aumentaram drasticamente”, apesar de a empresa não divulgar os números da boa maré. Sabe-se, no entanto, que cada par de óculos é vendido por US$ 450, ou seja, quase R$ 790. Quem acessa o site da Lunor já encontra de cara uma foto do modelo, com a seguinte frase: “Os óculos de Steve Jobs”. 

Uma forma que a empresa encontrou para afirmar que esse é o modelo original usado pelo cofundador da Apple, tática bem semelhante àquelas usada pela empresa do Vale do Silício para criar, na imaginação dos consumidores, um monopólio de seus produtos.

quinta-feira, novembro 3

Fã chinês mudou o logo da Apple no seu iPhone para homenagear Steve Jobs

Um fã chinês da Apple resolveu carregar no seu iPhone o tributo a Steve Jobs. Ele substituiu o logo da marca na parte traseira do smartphone por aquela versao criada por outro chinês, que incorpora o perfil de Jobs à maça. Abaixo do símbolo, o nome 'Steve Jobs' seguido pelos anos de nascimento e morte do fundador da Apple:


E aí, a Chevrolet roubou ideia para seu comercial de 100 anos?

É um dos meus preferidos e muita gente conhece. Estou falando do Dear Photograph, que popularizou fotografar uma fotografia antiga sobreposta a um cenário atual. Agora o que anda acontecendo é que um comercial da Chevrolet comemorando seus 100 anos, usou a mesma técnica não dando crédito algum ao site. O pessoal do Dear sabe que conceitos criativos não são passíveis de proteção autoral, no entanto, disseram que esperavam ao menos um agradecimento pela inspiração. Com isso, a justiça não pode condenar, mas quem se fecha na comunidade wébica? Veja o comercial:






Infos do Mashable



sexta-feira, setembro 30

"Pôneis Malditos" escapa de punição no Conar

Pôneis Malditos que promove o Nissan Frontier, escapou ontem de ser punido pelo Conar, o Conselho Nacional de Autorregulamentação publicitária.

Por unanimidade de votos, o processo será arquivado pelo órgão. Com cerca de 30 denúncias vindas de diferentes partes do Brasil, o comercial foi a julgamento porque, segundo os consumidores que protestaram,  a peça seria inadequada para crianças por associar elementos do universo infantil - no caso, os pôneis - à palavra "malditos". 



 Criado pela Lew’Lara/TBWA, agência de publicidade da Nissan, o filme faz uma sátira à potência dos motores rivais da montadora, comparando-os aos animaizinhos. Por fim, o comercial apresenta a maldição: "É o seguinte, se você não passar esse vídeo agora para 10 pessoas, você vai sofrer a maldição do pônei: você vai ficar o resto da vida com essa música na cabeça".

Lançado em julho deste ano, o comercial chegou a receber mais de 17.206 comentários na página oficial da Nissan no YouTube. Em visualizações, foram mais de 13 milhões até o momento.

Com todo o sucesso alcançado, a ação foi apontada pela Nissan como uma das mais comentadas em blogs e redes sociais desde a metade do ano passado. Mas o furor da campanha não se limitou ao branding. Quando o mês de agosto terminou, a picape Frontier promovida pelo filme já havia batido recorde de vendas no Brasil.  Foram comercializadas 5.375 unidades, 81% a mais que o mesmo período de 2010. Pelo jeito, o maldito teve vez.

segunda-feira, setembro 26

Cerveja faz pegadinha com casais em cinema

O casal compra dois ingressos de cinema e a pipoca; quando chegam à sala, encontram apenas dois lugares disponíveis, sendo que o restante das poltronas está ocupada por sujeitos mal-encarados.Quando viu a quantidade de “bad boys” que os aguardava, a maioria deu meia volta e foi para casa. Mas os que ficaram foram premiados. Veja que genial:





Tudo aconteceu em Bruxelas, na Bélgica e se repetiu com vários casais. Foi rciação da agência Duval Guillaume Modem.

Multishow mostra filme pornô antes do Rock in Rio

Uma falha no site do Multishow fez com que um filme pornô fosse ao ar minutos antes de começar a transmissão do Rock in Rio. O vazamento aconteceu na sexta-feira passada, abertura do evento, e mostrou uma cena de sexo entre três garotas e um rapaz. A falha já foi corrigida.
 
A banda Móveis Coloniais de Acaju abriu a edição 2011. Os direitos exclusivos de exibição são da Globo, dona do Multishow, motivo pelo qual o Brasil ficou de fora da transmissão mundial do Rock in Rio feita pelo YouTube.
 

segunda-feira, agosto 29

Em 1984, de cabelos longos, Jobs apresenta primeiro Mac

No vídeo abaixo, de janeiro de 1984, postado no YouTube, o cofundador da Apple Steve Jobs, de cabelos longos, apresenta em discurso coreografado o primeiro Macintosh da história.



"Todas as imagens que vocês virem na tela grande serão originadas pelo que está dentro daquela sacola", diz Jobs, antes de a tela do computador apresentar a inscrição "Macintosh" deslizando horizontalmente, aos poucos, enquanto a música "Chariots of Fire", de Vangelis, toca no ambiente. 

Depois, surge a inscrição "insanely great" -loucamente excelente- e os recursos do Macintosh são apresentados aos pouco: "Nós falamos muito do Macintosh recentemente, mas, hoje, pela primeira vez, eu resolvi deixar o Macintosh falar por si mesmo", afirma Jobs em seguida. 

O programa sintetizador de voz do Macintosh diz: "Olá, eu sou o Macintosh. Certamente é ótimo sair daquela sacola. Apesar de estar desacostumado a falar em público, eu gostaria de compartilhar com vocês um pensamento que tive quando vi uma máquina da IBM pela primeira vez: nunca confie num computador que você não pode levantar. Obviamente, eu posso conversar, mas neste momento eu gostaria de sentar e ouvir. Então, é com muito orgulho que eu introduzo um homem que foi um pai para mim... Steve Jobs". 

Depois da fala sintetizada do Macintosh, a plateia presente aplaude intensamente.

Foto de Steve Jobs fragilizado teria sido manipulada

Correu o mundo na sexta passada uma foto em que Steve Jobs, o fundador da Apple que renunciou ao cargo de CEO na quarta, aparece claramente debilitado. Magro, abatido e de aparência fragilizada, a imagem seria a primeira aparição de Jobs desde a licença médica para cuidar da saúde em janeiro, e alimentou a suspeita de fãs e acionistas quanto ao agravamento do estado de saúde do executivo.



Não há garantia de que a foto seja verdadeira, e as primeiras suspeitas de alteração digital da imagem começam a surgir. O site TJ’s Dail publicou uma demonstração que sugere os locais em que supostos vestígios de edição digital da foto podem ser encontrados. O site não esclareceu se a imagem teria sido uma montagem, ou apenas alterada para destacar a piora do estado de saúde de Jobs. Confira logo abaixo os locais em que a imagem teria sido modificada:




quarta-feira, agosto 24

Steve Jobs não é mais o CEO da Apple

Steve Jobs anunciou agora há pouco em uma carta aberta que deixou o cargo de CEO da Apple. Na carta, o agora ex-CEO lamenta ter que deixar o cargo mas diz que só fez isso porque “não pode mais cumprir seus deveres e expectativas” como CEO. A carta completa traduzido do inglês está logo abaixo.

Para o quadro de diretores da Apple e para a comunidade Apple:
Eu tenho sempre dito que se houver um dia em que eu não puder cumprir meus deveres e expectativas como CEO da Apple eu seria o primeiro a deixar vocês saberem. Infelizmente, esse dia chegou.
Eu, então, renuncio ao cargo de CEO da Apple. Gostaria de continuar a servir, se o quadro de diretores assim quiser, como Presidente do Conselho Diretor, Diretor e funcionário da Apple. Em termos de sucessor, eu fortemente recomendo que nós executemos o nosso plano de sucessão e nomeemos Tim Cook como CEO da Apple.
Eu acredito que os dias mais brilhantes e inovadores da Apple estão por vir. E eu espero poder assistir e contribuir para o sucesso dela em um novo papel.
Eu fiz alguns dos meus melhores amigos da minha vida na Apple e eu agradeço por todos os anos em que pude trabalhar ao lado de vocês.
Steve



Enquanto que os motivos para a renúncia do cargo não são deixados muito explícitos por Jobs, é conhecido o fato de que o ex-CEO estava passando por problemas de saúde. No começo do ano Jobs chegou a se afastar para tratar problemas de saúde, da mesma forma como ficou afastado em janeiro de 2009. Em 2004 o então CEO foi operado de um câncer de pâncreas.

Pouco depois de liberada a carta, a Apple liberou um press-release em que faz justamente o sugerido por Jobs, nomeand Tim Cook como seu novo CEO e cedendo ao ex-CEO o cargo de Presidente do Conselho Diretor. Tim já havia entrado no lugar de Jobs como CEO interino nas duas ocasiões em que ele precisou se ausentar por problemas médicos, em 2009 e nesse ano.

Mesmo tendo anunciado a mudança de chefia depois do fim do do pregão da bolsa de valores NASDAQ, as ações da Apple sofreram uma leve queda de 5% com o anúncio. O que não quer dizer muita coisa se você considerar que cada ação da empresa ainda está valendo por volta de 365 dólares.

E agora? Quem assume é Tim Cook. Eis o cara:




Até a manhã dessa quarta-feira, Cook assinava na Apple como diretor de operações (ou COO, na sigla em inglês). Ele é o responsável por toda a estratégia de vendas da companhia em âmbito global, respondendo diretamente para o então CEO Steve Jobs. Entre suas atribuições está a operação geral da Apple no que tange aos fornecedores, serviços e suporte nos mais diversos mercados, informa seu perfil no site da Apple.

Uma coisa é certa: Tim Cook sempre foi visto como o homem dos negócios dentro da Apple. Nos keynotes da empresa, aparecia como profissional centrado que apresenta aquele determinado produto que foi designado para ele e sai do palco, dando lugar para que Steve continuasse o show. Nos bastidores, é calculista — sem juízo de valor no adjetivo — ao traçar as estratégias da Apple.

Antes de chegar à companhia da maçã, Tim Cook bateu cartão em diversas empresas grandes do setor de tecnologia. Na IBM trabalhou como diretor responsável pela área de PCs da empresa (justamente aquela que foi vendida nos anos 2000 para a chinesa Lenovo). Também trabalhou na Compaq, que é da HP desde 2002.

A grande verdade é que não se sabe muito de Cook. Sua vida é reservada, assim como a dos demais dirigentes da Apple. (ele está na Apple desde 1998). E, por nunca ter chamado a atenção como acontece com Jobs, ninguém correu atrás de sua história. O que podemos afirmar é que o estilo de liderança de Cook difere muito daquele apresentado por seu antecessor.

Em qualquer biografia, Jobs é descrito como um sujeito que pensa o micro e o macro. Embora os relatos sejam regados de preciosismo, o fundador da Apple é tido como detalhista ao extremo, a ponto de perder semanas antes de definir como deve ser a barra de progresso de um sistema operacional. Não devemos esperar isso de Cook. O executivo trabalha muito mais a parte operacional da companhia, facilitando que os demais setores desenvolvam suas atividades e encontrem (grandes) mercados para novos lançamentos.

Caso Jobs se aposente dos keynotes, esse estilo de apresentar produtos está esgotado. Cook, que parece apático no palco, não pode (nem deve) copiar o estilo do homem que ergueu e reergueu a Apple. Ele provavelmente vai cumprir bem o seu papel de gesto, mas sem repetir o campo de distorção que todos nós conhecemos.

Quanto a Jobs, resta a dúvida sobre seu estado de saúde. Em sua carta, ele afirma ter a clareza de que permaneceria na Apple somente enquanto isso fosse possível. Não mais é. Sobrevivente de um raro tipo de câncer, Jobs está novamente na luta pela vida. Que ele tenha sucesso nessa batalha.

Colaboração de Tecnoblog



quinta-feira, agosto 4

O segredo do logo da Apple


O diagrama (acima) demonstra como o design do novo logotipo da Apple – que segundo a mídia noticiou esses dias, tem mais dinheiro em caixa do que os EUA de Barack Obama –  foi executado seguindo as regras do Golden ratio. Conhecida aqui como Proporção Áurea ou Proporção Divina. Será que um dia, lá no futuro, teremos um romance – que se transformará em filme – contando a saga de Steve Jobs com um roteiro parecido com os dos filmes O Segredo e O Nome da Rosa? Quem viver para ler ou assistir saberá!

terça-feira, agosto 2

Absolut lança 18 garrafas criadas por artistas

Famosa por fazer de suas garrafas verdadeiros instrumentos de arte, a vodka Absolut lançou uma série em parceria com 18 promissores artistas do mundo inteiro - entre eles, o brasileiro Eduardo Recife. Pelo projeto, chamado Absolut Blank, os artistas foram convidados a criar cartazes, anúncios, comerciais e peças interativas para mobile a partir do formato em branco da garrafa.



A criação, da TBWA Chiat Day, teve a colaboração de Adhemas Batista, Aestethic Apparatus, Brett Amory, Dave Kinsey, David Bray, Eduardo Recife, Fernando Chamarelli, Good Wives & Warriors, Jeremy Fish, Ludovica Gioscia, Marcus Jansen, Mario Wagner, Morning Breath, Robert Mars, Sam Flores, Thomas Doyle, UVA e Zac Freeman. Em outras ações, a marca também já teve intervenções de grandes nomes como Andy Warhol, Damien Hirst, Keith Haring e Louise Bourgeois.

segunda-feira, julho 25

O mapa do mundo das redes sociais


O mapa abaixo não é uma foto do planeta Terra, mas das localizações de tweets e fotos no Flickr. O resultado: lindas imagens de como cada rede social se espalha pela imensidão do globo. Os mapas foram criados por Eric Fischer, que anteriormente criou estes mapas de segregação racial e de cidades usando geotags do Flickr.

Os pontos vermelhos indicam os locais onde fotos estão simultaneamente sendo postadas no Flickr. Nos demais pontos azuis, milhares de tuiteiros inspirados mandam suas mensagens e recados em apenas 140 caracteres.


São Paulo:



Rio de Janeiro:



No Rio de Janeiro, a quantidade de registros e máquinas postando fotos virtuais é infinitamente maior que a de outras localidades no mundo consideradas não tão bonitas. Assim, vemos que as pessoas tiram fotos de destinos turísticos e tweetam de onde moram.

América do Norte:



Europa:



sexta-feira, julho 22

sexta-feira, julho 15

Tem certeza de que a informação que chega a você pela internet é a melhor disponível?

Este é um daqueles vídeos que valem a pena assistir. Quem cresceu e se formou como cidadão antes do surgimento da Internet, tem nítida consciência de como era importante, saudável, ficarmos expostos a ideias diferentes, muitas vezes diametralmente opostas e eventualmente até desagradáveis. Mas olha: veja o video e tire suas conclusões.





quinta-feira, julho 14

Batatinha quando nasce

Da TBWA da Suiça para McDonald’s:

Capitulo final de Odete Roitman outra vez - canal Viva providencia anúncio

Tinha imaginado o capitulo final de Vale Tudo exibido com grande expectativa de ibope na TV? Se vale a pena ver de novo, porque não anunciar de novo? 



Sorriso da Mona Lisa foi parar no rosto da Barbie

O enigmático sorriso da Mona Lisa, obra mais famosa de Da Vinci, foi parar no rosto de Barbie! A boneca que, segundo material de divulgação, conseguiu 'capturar perfeitamente' a expressao (!) estará nas lojas do Brasil em agosto. Ken aprovaria? 


quinta-feira, julho 7

Pré-estreia de Harry Potter em Londres atrai milhares de fãs de todo o mundo

São Paulo - Após quase 15 anos de suspense, a saga de Harry Potter nos cinemas chega ao fim em grande estilo. Uma pré-estreia na Trafalgar Square, em Londres, atrai milhares de fãs que esperam ansiosos pelo desfecho das aventuras do jovem bruxo. Alguns ‘pottermaníacos’ chegaram a passar dias acampados no local debaixo de frio e chuva para garantir presença na disputada premiere.



Lançado em 1997, Harry Potter é um dos maiores êxitos da história editorial e cinematográfica. A marca teve mais de 400 milhões de livros vendidos em quase 70 línguas e a arrecadação mundial na bilheteria dos setes filmes foi de US$ 6,4 bilhões. Segundo projeções, o oitavo e último filme, que estreia em 3D no próximo dia 15 de julho nos cinemas de todo o mundo, deve superar a bilheteria do primeiro longa, que faturou quase um bilhão de dólares.

Facebook passa a ter bate-papo com vídeo via Skype

O Facebook anunciou três novidades ontem. A mais importante é que a rede social passará a ter, integrado, o recurso de bate-papo com vídeo do Skype. Além disso, conversas por texto podem, agora, ser feitas em grupo. E há, ainda, mudanças no aspecto visual das páginas do site. As novidades parecem ser um contra-ataque ao Google, que vem atraindo atenção com sua nova rede social Google+, aberta há cerca de uma semana.


Tanto o chat com vídeo como as conversas em grupo podem ser iniciados na lista de contatos de bate-papo do Facebook .Quando a opção de conversa com vídeo é escolhida, uma janela se abre com a imagem captada pela webcam do contato, permitindo a conversa. Também na lista de contatos de bate-papo, há a opção de acrescentar alguém a uma conversa por texto, transformando-a num chat em grupo. A principal mudança no design do site é uma nova barra lateral onde vão aparecer os contatos com os quais a pessoa se comunica mais frequentemente.

Ao apresentar as novidades, Mark Zuckerberg soltou algumas farpas em direção ao rival Google: “Nós nos associamos às empresas que fazem o melhor em suas respectivas áreas de atuação. É diferente de certas companhias da internet que preferem fazer tudo sozinhas”, disse ele. A frase é uma clara referência ao Google+, que possui seu próprio recurso de chat com vídeo, o Hangout. O Facebook já fez acordos antes com o Yahoo! e com a Microsoft, que agora está em processo de aquisição do Skype.
O Skype tem 124 milhões de usuários que se conectam ao serviço pelo menos uma vez por mês, e 560 milhões de pessoas registradas. Esse número deverá se somar aos 750 milhões de usuários do Facebook que, agora, poderão usar o serviço dentro da rede social. Isso poderá ser feito sem que seja necessário instalar o aplicativo do Skype no computador.

Quando Zuckerberg primeiro mencionou o anúncio de hoje, na semana passada, ele disse que haveria novidades “incríveis”. Na verdade, nenhuma das três novidades anunciadas é inéditas. Chat em grupo e conversas com vídeo já estão disponíveis em serviços como o Windows Live Messenger, o FaceTime da Apple, o Google+ e o próprio Skype.

Segundo o Facebook, os novos recursos começam a ficar disponíveis hoje para alguns usuários. Ao longo das próximas semanas, serão liberados em todos os cerca de 70 idiomas em que o Facebook está disponível. Até o momento, as novidades não aparecem para os brasileiros. Mas quem quiser experimentar o chat com vídeo pode fazê-lo numa página específica.

quinta-feira, junho 30

4 anos de iPhone

Ele modificou tanto a nossa rotina que nem parece que fazem apenas 4 anos que ele surgiu - o iPhone completa hoje seu 4o aniversário e, de um aparelho chic, se transformou em praticamente um utilitário digital. Tudo e quase qualquer coisa é capaz de virar um app para o agora famosíssimo iOS, que também está presente hoje no iPad, iPod Touch e Apple TV. Confira no infográfico abaixo alguns dos principais pontos da história do smartphone da Apple: 

 Tamanho original, aqui.

quarta-feira, junho 29

Princesa Diana ao lado de Kate Middleton

A Newsweek usou o Photoshop para imaginar princesa Diana aos 50 ao lado de sua nora Kate Middleton e claro, causou polêmica. A montagem ilustra matéria em comemoraçao aos 50 anos do nascimento de Diana, mas nao foi bem aceita pela mídia em geral, que considera a imagem desrespeitosa e até assustadora. Além da capa, a publicaçao também 'photoshopou' Diana segurando um iPhone e até imaginou como seria o seu perfil no Facebook. Clica aqui pra ver.

 

Outdoor da Coca Cola com plantas ajuda a absorver poluição do ar

Iniciativa da Coca Cola em parceria com a WWF, esse outdoor é todo coberto por plantas do chá Fukien, e absorve a poluiçao do ar. Instalado nas Filipinas, ele mede cerca de 20m por 20m – se ficar lá por 1 ano, consegue absorver um total de 21 mil quilos de dióxido de carbono da atmosfera. Pra completar, as plantas estão em garrafas velhas do refrigerante e são irrigadas através de um sistema que economiza água e fertilizantes. Veja:



terça-feira, junho 28

Twitter cria página para ajudar jornalistas

O Twitter inaugurou na última segunda, o Twitter for Newsrooms (#TfN), um guia para ajudar jornalistas a usarem a plataforma de maneira mais eficiente. A página contém quatro tópicos com dicas que prometem facilitar a vida de quem trabalha com informação (quase ninguém, né?)



A ideia é a de qualquer facilitador de informação: encontrar fontes, verificar fatos, publicar fatos ou qualquer outra coisa que permita saber o conteúdo da informação de maneira mais rápida. Eles acham que o Twitter e o #TfN podem, juntos, ser um tipo de terreno comum. E hoje, além de tudo isso, os jornalistas principalmente utilizam a ferramenta como maior eficácia para seu trabalho aumento, por exemplo, consideravelmente a audiência para seu trabalho.


O conteúdo foi dividido em Report, Engage, Publish e Extra. O primeiro contém dicas e estratégias para encontrar fontes e fazer pesquisas, além de falar do uso móvel do microblog. O segundo traz um glossário, alguns exemplos de tweets que chamam mais atenção e dicas para divulgar uma marca na rede.

Em Publish, informações acerca da quantidade de conteúdo postado no site e links para o guia oficial sobre os tweets, nomes de usuários e hashtags; para a área que explica como colocar gadgets do Twitter em outros sites; e para baixar os logos oficiais do microblog. O Extra possui alguns adicionais, como os perfis oficiais, os blogs oficiais e os traduzidos.

Copiando um modelinho do Facebook, certo?

segunda-feira, junho 27

Brasil bate recorde com 65 Leões em Cannes

Esse foi o resultado oficial das nove competições e o resultado extra-oficial da competição de filmes, marcando seu recorde. O número pode aumentar com o resultado da competição Film Craft na qual o Brasil deverá ganhar pelo menos mais um Leão.


AlmapBBDO: criação para a revista Billboard é a segunda campanha impressa mais premiada do mundo em 2010


O resultado supera o total de 2010, quando foram conquistados 58 Leões - incluindo o de Agência do Ano, da AlmapBBDO. Neste ano, foram conquistados seis Leões de Direct Lions, dois de PR Lions, dois de Promo & Activation Lions, três de Radio Lions, 17 de Outdoor Lions, quatro de Media Lions, 20 de Press Lions, cinco de Design Lions, um do Cyber Lions e os cinco do Film Lions.

Faltam ainda os resultados de três competições: Creative Effectiveness, Titanium & Integrated Lions, nas quais o Brasil não tem finalistas, e Craft Lions, onde há três comerciais brasileiros no shortlist.

Em 2010, o Brasil conquistou seis Leões de Direct, três de Promo, três de PR, quatro de Media, três de Radio Lions, 21 de Outdoor Lions, 10 de Press, um de Cyber, três de Desing, um de Film, um de Titanium e um de Film Craft.

segunda-feira, junho 20

Guaraná Jesus lança lata inspirada nas festas de São João

Sabe o refrigerante de cor-de-rosa típico do Maranhão? Pois é, eles criaram uma lata usando elementos de identidade visual típicos das festas de São João da região. Lá, a data é celebrada com as cores e os ritmos do Bumba-meu-boi, Cacuriá e Tambor de Crioula. Ficou até melhor, veja:



Junto com a lata, a marca lança também uma campanha de marketing para reforçar a identificação com a cultura do estado. “O sabor de viver todos os sotaques” tem ações em TV, mídia externa e internet, e é assinada pela agência Dia Comunicação. Na internet, o perfil do Guaraná Jesus no Twitter também trabalhará conteúdo sobre a campanha paralelamente às ações das demais mídias.

Site de compras coletivas gay estreia hoje

Após a explosão inicial, os sites de compra coletiva agora apostam na segmentação para sobreviverem. E com esse mote que surge o Gothan for Man, serviço que irá divulgar promoções voltadas para o público gay masculino.




Segundo um dos sócios do projeto, Rafael Lopes, o nome do site é uma referência à cidade de Batman e Robin. De acordo com Lopes, o objetivo do site é fazer parcerias com empresas também focadas nesse público. Na primeira semana, o serviço irá anunciar os serviços de assessoria jurídica para a união homoafetiva (de R$ 1500 por R$ 300), sessões de bronzeamento artificial, tratamento para calvície e depilação definitiva. O mote é similar aos serviços já existentes: são necessários um certo número de compras para ativar uma promoção.

Por enquanto, o Gothan for Man irá operar somente em São Paulo. A maiorida das empresas parceiras (são 30 já fechadas) ficam na região dos Jardins. No segundo semestre, os sócios pretendem levar o serviço para o Rio de Janeiro e, até o próximo verão, para Florianópolis. Além disso, acredite: todo mês eles publicarão um ensaio sensual com os personagens Batman e Robin.



quarta-feira, junho 8

Em campanha do Greenpeace, Ken termina com Barbie porque ela derruba florestas

Em uma campanha bem humorada, o Greenpeace acusa a empresa fabricante das bonecas Barbie de impulsionar o desmatamento na Indonésia. A organização diz que a Mattel, a dona da marca da boneca mais famosa do mundo, usa embalagens de papelão feitas de árvores arrancadas sem critérios. O vídeo da campanha mostra o boneco Ken revoltado com a amada depois de descobrir que ela é serial killer de florestas. O deslize ecológico acabou com o namoro.

Segundo o Greenpeace, as embalagens da Barbie são fabricadas com madeira da floresta da Indonésia, a terceira maior tropical do mundo, depois da Amazônia e do Congo, fortemente ameaçada pelas indústrias de papel e óleo de palma. Ela é habitat de orangotangos, tigres e elefantes que correm risco de extinção.

O Greenpeace afirma ter investigado a cadeia de valor da Mattel durante meses. A organização descobriu que a companhia compra a matéria-prima de suas embalagens da Asia Pulp and Paper (APP), empresa acusada de destruir as matas nativas do país. Na terça-feira, a Mattel disse, em comunicado, estar surpresa e desapontada com o Greenpeace pela abordagem inflamada. E afirmou que vai continuar a avaliar suas fontes de abastecimento de papel e embalagens à medida que avança em melhorias. Veja: 



Irlandês cria propaganda em outdoor para encontrar emprego

As elevadas taxas de desemprego na Irlanda levaram um jovem de 26 anos a tomar uma medida drástica. Sem trabalho há nove meses, Féilim Mac An Iomaire investiu todas as suas economias em uma propaganda de outdoor para atrair a atenção de headhunters. O outdoor, inaugurado no último domingo, tem um tom de quase desespero. Com a frase de impacto “Save me from emigration”, Mac An Iomaire deixa um e-mail de contato para possíveis interessados em receber seu currículo – e oferecer um emprego.

A propaganda deve permanecer em uma das ruas mais movimentadas de Dublin durante as próximas duas semanas. A ideia custou 2 mil euros. 


Vivo cria o clipe que nunca existiu de Eduardo e Mônica para Dia dos Namorados




Nike divide o futebol em "antes e depois de Ronaldo"

A Nike homenageou ontem o ex-jogador em seu jogo de despedida, no amistoso contra a Romênia.


Intitulado "Antes e Depois", o filme mostrou como R9 dividiu o mundo do futebol em duas eras: antes (a.R.) e depois (d.R.) de Ronaldo. Em 60’’, as cenas apresentam o estilo de jogo e a técnica de Ronaldo, que influenciaram a carreira de novos jogadores. 

A divulgação da homenagem pela internet acontecerá por meio da hashtag #prasemprefenomeno, criada pela Nike no início do ano, quando o Fenômeno anunciou sua aposentadoria. Na época, a hashtag foi tão bem sucedida que rapidamente chegou ao topo dos Trending Topics no Twitter. A marca ainda pretende mobilizar uma homenagem mundial ao ex-jogador, impulsionada por seus perfis no YouTube, Twitter e Facebook. Tudo criado pela F/Nazca.

Há ainda um segundo filme, desta vez promocional da partida contra a Romênia, em que Ronaldo é surpreendido por uma banda, que exalta na letra passagens da carreira do ex-jogador. Veja:

Tem também o vídeo promocional:



terça-feira, junho 7

Se você está sofrendo por causa de um amor perdido, eu tenho más notícias

Se você está sofrendo por causa de um amor perdido, eu tenho más notícias: não há nada que você possa fazer. E não há ninguém que possa ajudar. Na melhor das hipóteses, você vai ter um amigo paciente pra levá-lo a um bar e ouvir suas queixas e, eventualmente, buscar você em um bar e leva-lo pra casa com segurança, nos dias que você se comportar feito um bobo. Na verdade, até existe alguém capaz de curar sua dor, mas esse alguém não costuma ter pressa: ele se chama tempo.

Portanto, procure levantar sua cabeça, e dar um passo adiante, por menor que seja, porque você ainda tem um longo caminho a percorrer dentro desse inferno. Ter pena de si mesmo não vai ajudar em nada, e por mais que você que não acredite, eu posso te garantir que você sente algum prazer em cultivar esse sofrimento. Sim, estar triste é uma forma de exercer a paixão, quando o alvo dessa paixão já se foi. Você está usufruindo o seu direito de estar eternamente apaixonado. Isso é ótimo, prova que você é um romântico. Mas, coisas ótimas não costumam ser baratas, e você tem que pagar seu preço.

Em algum momento, tudo isso vai passar. E nesse caso, quando o furacão for embora, ele não deixará destroços, como se nada tivesse acontecido. Você vai recuperar suas noites de sono. Vai se sentir revigorado, vai tá feliz consigo mesmo, vai levantar sua auto-estima. Você vai tá pronto pra entregar seu coração à outra pessoa, mesmo correndo o risco de parti-lo em mil pedaçoes novamente, porque o amor... sempre vale a pena."

Quer ver isso no novo comercial da Serenata de Amor? Aqui ó: 




segunda-feira, maio 30

"Propaganda pra classe C não deve ser burra ou feia"

Em 1933, o escritor recifense Gilberto Freyre chocou ao expressar um retrato fiel do Brasil sem preconceitos. Seus pensamentos deram origem à Casa-Grande & Senzala, obra polêmica que descobriu a identidade do país. Criou-se ali uma nova auto-imagem do brasileiro.



Quase 80 anos depois, no entanto, a tal realidade brasileira não segue tão bem interpretada – e divulgada - pela indústria da comunicação. Pelo menos na visão do também nordestino André Torreta, sócio-diretor da Ponte Estratégia. Para ele, a publicidade é elitista, não compreende bem o Brasil em sua totalidade porque nunca houve necessidade. Mas o constante avanço da classe C (53% do país) mostra que será preciso em breve.

Nesta entrevista, Torreta é contundente ao criticar o olhar raso da publicidade focada nos maiores mercados, diz que propaganda para a classe C não deve ser “burra" ou "feia”, e defende sua terra natal. “Hoje em dia é chique ser baiano. Deixamos de construir prédio pra fazer propaganda”. Acompanhe:


A Classe C cresce assustadoramente. As marcas e agências acompanham o ritmo para oferecê-la uma comunicação ideal?

André Torreta - Algumas estão acompanhando e outras estão se adaptando, até porque esse é um processo muito novo e rápido que está acontecendo no Brasil de hoje. Obviamente existem percalços para as empresas. E, como tudo na vida, alguns acompanham e outras vão ficar pelo meio do processo.
  

Você costuma falar sobre a elitização da publicidade brasileira. Explique isso...

André Torreta - Durante muitos anos, o mercado de comunicação falava apenas com os 30 milhões de brasileiros que consumiam. Como os outros 170 milhões não consumiam, a indústria de comunicação não falava com esse cara. A ilha de Manhattan de São Paulo falava com a ilha de Manhattan de São Paulo, afinal o cara da “perifa” não tinha importância nenhuma. A indústria da comunicação foi formatada pra falar com a elite brasileira. E aí vem o susto e a necessidade de mudança. Temos que aprender a falar com o brasileiro médio.

Essa mudança vai obrigar agências e anunciantes a saírem da zona de conforto?

André Torreta - Vai ter que ser discutido o que é uma comunicação brasileira. Não o que é o sonho de fazer uma comunicação igual à de Nova York ou igual à de Londres, mas sim fazer uma propaganda brasileira. Hoje a gente tem auto-estima suficiente de querer e gostar disso.

Na sua visão, elas ignoram o Brasil como ele é?

André Torreta - Ignorar é uma expressão muito forte. Eu acho que elas não compreendem muito bem o Brasil porque nunca precisou. Não é questão de competência ou incompetência, mas sim de necessidade. O mercado do Centro-Oeste não era desenvolvido há 10 anos, então não vou gastar dinheiro com isso. O Nordeste era importante há 15 anos? Não. Então por que vou perder dinheiro com isso? Quando passa a ser, eu tenho que ir atrás desse conhecimento.

Qual sua percepção sobre o tipo de abordagem à classe C. Ela é subestimada?

André Torreta - Existe uma lenda urbana no mercado que diz que propaganda pra classe C deve ser feia ou burra. Não. Propaganda pra qualquer classe social tem que ser inteligente e bonita. Outra lenda é que as pessoas não entendem direito. Elas são inteligentes com qualquer outra pessoa. Não é a classe social que diferencia a inteligência de uma pessoa e de outra. Então essas lendas atrapalham o processo, porque tem gente que acredita nisso.

Você consegue traçar um paralelo entre o perfil de consumidores da classe C com os da A e B? Ou só o que difere é a condição financeira?

André Torreta - Todo brasileiro é igual, mas o nordestino é diferente do paulista, que é diferente do carioca. O que teremos são anseios e desejos diferentes, não melhores ou piores. Todo mundo quer um produto da Apple? Se é o melhor, por que o cara não vai querer? Tem gente que tem muito menos dinheiro, então o produto tem que ser diferenciado. É preciso fazer adequações, mas o ser humano é o ser humano tanto aqui quanto na China.

O que você espera para essa melhor distribuição do bolo publicitário? Em quanto tempo o Nordeste vai se destacar?

André Torreta - Grandes empresas já regionalizam produtos e departamentos. E o mercado publicitário vai ter que correr atrás disso porque o bolo da decisão já está se realocando em Recife, Salvador...você aloca o processo decisório para fora do eixo Rio –SP. Isso puxa os fornecedores e temos que entender que em cinco anos nada do que foi será.

Você é nordestino?

André Torreta - Sou de Salvador. Hoje em dia é chique ser baiano (risos). Deixamos de construir prédio pra fazer propaganda.








Mabel ganha às redes sociais com a promoção “Tem Skiny Pra Mim?”

Através da Internet, o Brasil inteiro redescobriu o primeiro salgadinho de milho produzido no país. A promoção “Tem Skiny Pra Mim?” superou a marca de 400 mil acessos ao hot site, 60 mil visualizações no Youtube, além de quase 2 mil seguidores no Twitter. A campanha que está no ar há pouco mais de 3 meses vai premiar 7 mil consumidores de todas as partes do Brasil. 



Participar é muito fácil: Basta juntar os códigos de barras dos produtos Skiny e enviar para o endereço da promoção. Quanto mais embalagens, mais prêmios. São mochilas, bicicletas, Netbooks, MiniBuggies, vídeo games, entre outros brindes que estão gerando muitos comentários pela internet. Não é sorteio! Juntou, ganhou. 

Visite o site e conheça o regulamento.

quarta-feira, maio 18

Ação Social Carrefour: Sua URL vale alimentos para a Cruz Vermelha

Achei a ideia BEM interessante, focada e quando voltada para o social, me encanta ainda mais. O Carrefour lançou na última segunda-feira um serviço próprio de encurtamento de url's. O bacana é que cada caracter encurtado será revertido em doação de alimentos para a Cruz Vermelha Brasileira.


 O serviço está disponível no site Virou.gr, que deve ser entendido como "Virou grama" (a terminação .gr refere-se originalmente à Grécia). A meta da empresa é chegar a 10 milhões de caracteres encurtados, que equivaleriam a 10 milhões de gramas, ou 10 toneladas. Os alimentos serão enviados à entidade a partir das filiais do Carrefour pelo país.
 
Tudo foi desenvolvido pela F/Nazca. Embora o endereço  do encurtador esteja em português, a página do serviço tem versões em inglês, francês e espanhol - dessa forma, internautas de outros países poderão ser convidados a se engajar na campanha.

terça-feira, maio 17

Nova/SB assina campanha 'Rio sem Homofobia'

"Um lugar tão maravilhoso como o Rio não combina com a homofobia. Respeite Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais." Este é o slogan da campanha Rio Sem Homofobia do governo do Rio de Janeiro criada pela novaS/B, agência comandada por Bob Vieira da Costa e Silvana Tinelli. O novo filme, produzido pela Yes Filmes, começou a ser exibido na última terça-feira. Veja:



 É a primeira vez que uma campanha contra a homofobia é realizada e assinada por um Estado em toda a América Latina.Vai rolar também toda uma mídia impressa e mobiliário urbano consciente dessa diversidade do gênero - traduzida nas cores do arcp-íris - à paisagem tipicamente carioca. Os personagens LGBT são mostrados em situações positivas e cotidianas.



segunda-feira, maio 16

Em nome do amor, reciclem!

A produtora britânica de vídeos, Catsnake produziu esta obra de arte para a ONG Friends of the Earth. Assista, chore, bata palmas, faça o que quiser. Genial:


Facebook pagou empresa para difamar o Google

Tudo caminhava bem demais para a rede de Mark Zuckerberg. Fenômeno das redes sociais, 600 milhões de fiéis seguidores e uma marca cada vez mais valorizada. Mas na briga da tecnologia, o Facebook apelou, convenhamos.


Admitiram na última quinta-feira terem contratado secretamente a Burson-Marsteller. É uma grande empresa de relações públicas dos EUA bem famosa por lá e em vários lugares do mundo. A empresa em questão teria plantado notícias ofensivas contra o Google (são informações do Mashable).

Houve um comunicado emitido também na quinta-feira, a filial brasileira da BM confirmou o contrato secreto, embora tenha frisado que a prática "contraria suas políticas". O mote para tudo isso não foi tão complexo assim não:
A Burson procurou um blog influente do setor e convidar jornalistas da grande mídia a investigar o Google sobre questões relacionadas à privacidade de dados dos usuários. Afirmaram ainda que batalhariam por repercussões das notícias em veículos como o The Washington Post, Politico e HuffP.
A prática, porém, não foi bem aceita. O blogueiro Chris Soghoian foi um dos procurados, mas se recusou a fazer o trabalho e divulgou os e-mails enviados pela agência de RP.

Como o nome do cliente não havia sido divulgado, várias suspeitas começaram a ser levantadas e chegou-se a se especular sobre a Apple e a Microsoft, claro. A empresa de RP informou aos seus contatos jornalísticos que uma ferramenta do Google denominada círculo social foi "concebida para raspar os dados privados e construir profundamente os processos pessoais de milhões de usuários em uma violação direta e flagrante do acordo [Google] com a FTC.”

Um porta-voz do Facebook alegou que o Google não estaria respeitando dados privados de usuários e falou da insatisfação com as tentativas do gigante das buscas de utilizar os dados do Facebook no serviço da rede social concorrente. A situação não mancha só a imagem do Facebook, mas também a da Burson-Marsteller, uma grande empresa de RP que tem 58 anos de existência.  Lamentável.

terça-feira, maio 10

Coca Cola traz de volta sua 1ª garrafa de vidro na Inglaterra

Ainda em comemoração aos seus 125 anos, a Coca continua a todo vapor com suas ações por todo mundo. Na Inglaterra, por exemplo, a marca traz de volta a 1ª garrafa de vidro usada pela bebida. Chamada 'The Hutchinson', ela foi criada em 1899 e será vendida exclusivamente pela loja de departamentos Selfridges – sozinha ou em um kit de colecionador com outras 3 garrafas antigas. Bonitinha:



All Star + Havaianas = 1 tênis de dedo ou chinelo de cano longo?

Você usaria esse novo modelo da Converse? Uma mistura de All Star com chinelo de dedo. Está à venda por USD 40 aqui.



A frente do Google, Apple é a marca mais valiosa do mundo

Depois de surpreender o mercado em 2010, quando ultrapassou a Microsoft no ranking da Millward Brown, a Apple deixa mais uma marca para trás e se torna a mais valiosa do mundo. Desta vez, a "atropelada" foi a Google. Segundo o BrandZ Top100, a marca de Steve Jobs obteve um crescimento de 84% do ano passado para cá, passando a valer US$ 153,3 bilhões. A forte valorização deve-se, sobretudo, ao sucesso que produtos como iPad e iPhone adquiriram tanto entre o público em geral quanto entre empresas. Em segundo lugar, com uma queda de 2%, aparece Google. IBM, com crescimento de 17%, McDonald’s (23%) e Microsoft (2%) completam o top 5.

Seguem as 10 marcas mais valiosas do mundo, segundo a Millward Brown:

1  Apple  US$ 153,285 bilhões  84%
2  Google  US$ 111,498 bilhões  -2%
3  IBM  US$ 100,849 bilhões  17%
4  McDonald's  US$ 81,016 bilhões  23%
5  Microsoft  US$ 78,243 bilhões  2%
6  Coca-Cola  US$ 73,752 bilhões  8%
7  AT&T  US$ 69,916 bilhões  N/A
8  Marlboro  US$ 67,522 bilhões  18%
9  China Mobile  US$ 57,326 bilhões  9%
10  General Electric  US$ 50,318 bilhões  12%

Endividado, Skype é vendido por US$ 8,5 bilhões para a Microsoft

Deve ser anunciando nas próximas horas a compra da companhia de voz Skype por 8,5 bilhões de dólares. O acordo de compra inclui dívidas da companhia, segundo informações do site Fortune.


Desde a semana passada, havia rumores no mercado de que o Skype estava sendo negociado com a Microsoft e também o Facebook. Segundo informações publicadas no    "The Wall Street Journal", trata-se da aquisição mais agressiva da Microsoft. A compra da plataforma vai permitir que a Microsoft se torne uma marca ainda mais reconhecida na internet.

O atual CEO do Skype, Tony Bates, continuará à frente dos negócios da companhia, informou o site. Em 2010, o Skype registrou prejuízo líquido de 6,9 milhões de dólares e receita de 860 milhões de dólares.

segunda-feira, maio 9

Wheel of Energy - Girando durante 1 ano pelo câncer



Fico espantado como algumas ideias podem ser tão lindas quando se tratam de uma boa causa. A Weel of Energy 365 é um exemplo assim. Pense numa roda gigante onde pessoas correm durante um ano em favor da luta contra o câncer. Detalhe: ela não pode parar. Pelo menos três corredores devem estar na pista para colaborar com o projeto. Claro, a coisa não é fácil. O lance é justamente esse: chamar a atenção para a difícil doença. A ideia partiu do atleta Richard Bottram que perdeu sua namorada que faleceu com câncer de pulmão e criou uma fundação com esse fim.




Claro que Richard é um dos mais assíduos corredores. Aqui ele fala um pouco sobre tudo:



O bacana é que a roda gigante é itinerante, atualmente ela está em Amsterdam. 

 

sexta-feira, maio 6

Memorial do 11 de setembro organiza nomes das vítimas por afinidade


Desde o anúncio da morte de Bin Laden, a área em que será o memorial do 11 de setembro – formalmente chamado de Museu Memorial Nacional do 11 de Setembro – vem recebendo milhares de visitantes. O museu será inaugurado em 11 de setembro próximo, data que marca os 10 anos do ataque ao World Trade Center

O local consistirá em duas enormes fontes quadradas alimentadas por cascatas de água, situadas exatamente onde ficavam as torres gêmeas. É uma criação do arquiteto Michael Arad e do paisagista Peter Walker, selecionados após um concurso no qual participaram 5.200 aspirantes de 63 países. Isso todo mundo já sabe, mas você já viu como serão inscritos os nomes das vítimas no memorial? Eles serão organizados de acordo com os laços e afinidades das pessoas.

Trata-se de um trabalho minucioso do estúdio de media design Local Projects. O que eles fizeram foi criar um algorotimo, baseado nas requisições e informações dadas pelas famílias das 2982 vítimas.




Ou seja, gravado em bronze, o nome de cada um será colocado ao lado de colegas de trabalho, familiares ou estranhos que morreram no mesmo lugar, assim como bombeiros ao lado de bombeiros, e policiais ao lado de policiais. Cada nome contem um código, contendo a letra N (de North Pool) ou S (de South Poll), seguida de um número que indica o exato local em que a inscrição está.


O site do memorial revelou ontem a disposição final dos nomes, com as respectivas adjacências, e a mesma aplicação estará disponível para smartphones, tablets e no quiosques interativos do museu. Esse design, além de se diferenciar de qualquer outro memorial do mundo – que normalmente dispõe os nomes em ordem alfabética – ainda permitirá que os familiares de pessoas relacionadas fiquem juntos em uma visita ao local.

Fonte: Carlos Merigo




As celebridades que já aderiram à fast fashion

High-Low: o negócio é misturar!

"High-low" diz respeito a um conceito do mundo fashion que tem como principal característica a mistura de peças caras e sofisticadas com outras simples e bem básicas, que podem ser encontradas, inclusive, em redes de lojas populares.



Nos Estados Unidos, quem puxa a fila é a primeira-dama Michelle Obama, que já mostrou mais de uma vez não ter problemas com marcas de fast fashion. Agora foi a vez de Kate Middleton, a esposa do príncipe William. Depois de usar modelos da grife Alexander McQueen em seu casamento e na festa de gala (ao lado), a duquesa de Cambridge mostrou que elegância não depende de preço.

Kate Middleton


Depois de aparecer diante de mais de 2 bilhões de pessoas usando um vestido de noiva feito sob medida pela estilista Sarah Burton, da grife Alexandre McQueen, Catherine Middleton mostrou que a vida de duquesa não é feita só de luxos. No dia seguinte ao casamento, Kate foi fotografada na companhia de William no jardim do palácio de Buckingham usando um vestido azul plissado no valor de 89,90 dólares - cerca de 140 reais. Feito 100% de poliéster, a peça é da grife espanhola Zara.

No Brasil, a Zara não é vista como uma marca tão popular quanto Renner e C&A, por exemplo, porém no exterior suas roupas são, sim, sinônimo de fast-fashion.