sexta-feira, abril 17

Conar suspende comercial

O Conar suspendeu ontem a veiculação do comercial da marca Doritos, pertencente à Pepsico. A informação foi divulgada pela coluna "Direto da Fonte", do jornal O Estado de S.Paulo.

O filme já vinha causando polêmica desde suas primeiras exibições por conta de um suposto tom homofóbico. De acordo com a coluna, a Pepsico vai recorrer da decisão.

No comercial, meninos e salgadinhos se misturam no embalo da música "YMCA", mundialmente conhecida como símbolo gay. Também é anunciada a assinatura: “quer dividir alguma coisa com os amigos? Divide um Doritos”. Segundo a própria assessoria, os filmes “brincam” com o fato de que "não é tudo que devemos dividir com os amigos".

O vice-presidente de Marketing da Pepsico Alimentos, Carlos Ricardo, dizia receber as manifestações, mas discordava da acusação do tom preconceituoso. Friou que "em nenhum momento o caráter foi discriminatório" e que a ideia era reproduzir o ambiente de "diversão e jovialidade" dos adolescentes e as respectivas brincadeiras decorrentes disso.

Ricardo reforçou ainda que o mote da campanha é incentivar o "consumo compartilhado do produto". A criação é da agência AlmapBBDO.

2 comentários:

morenah disse...

A deicisão da Conar ... fOi a melhor possivel, pois sabemos que a musica usada no comercial se refere a homosexuais.. e fende diretamente a comunidade GAY.

Anônimo disse...

Nao acho não. Na boa.